Paranaguá

Único impresso que circula nas sete cidades do litoral, JB Litoral, encerra o ano com sentimento de dever cumprido

Ultima Atualização: 01.01.2020 às 21:15:52
“O Selo ODS não foi apenas uma do JB Litoral e sim para Paranaguá e todo o Litoral”, afirma

O ano de 2019 foi marcado por grandes mudanças para o JB Litoral, com um forte investimento na qualificação e profissionalização da equipe de comunicação, feito pela proprietária do veículo de comunicação, a empresária Jéssica Ketyscia Fernandes, o que o fez crescer de forma rápida e constante, conforme a regionalização que o jornal avança.

Atualmente, seis jornalistas realizam a produção de reportagens para as versões impressa e plataformas digitais, além de sete colunistas, que emitem suas opiniões sobre os mais variados assuntos.

Único impresso que circula com venda e produção de notícias nas sete cidades do Litoral do Paraná, o JB Litoral já consolidou sua credibilidade e tem sido merecedor da confiança do leitor, que se informa, semanalmente, sobre as notícias mais importantes para a região. Além disto, no portal e na página no Facebook, as notícias são apresentadas diariamente, com conteúdo exclusivo produzido pela equipe de jornalismo.

O jornal iniciou sua história na cidade, em 1998, ganhando as bancas a partir de 2009. Hoje, estruturado e regionalizado, tem o objetivo de levar informação de qualidade a toda população litorânea. “A descentralização do jornal começou em 2012, quando Antonina e Morretes começaram a fazer parte do quadro de circulação e, logo após, Guaraqueçaba. Neste ano, todas as cidades da região passaram a contar com a venda do impresso em bancas”, explica Jéssica.

Além disto, 2019 também foi um ano de grandes investimentos.

O portal on-line foi repaginado, buscando atender os anseios da população, uma vez que os acessos têm crescido diariamente. Houve ainda um novo investimento na produção de vídeos ao vivo para a página no Facebook, possibilitando a interação e, também, que a notícia seja informada de maneira instantânea, enquanto ainda acontece. “O site está com novo layout, foi reformulado, facilitando a procura pela notícia e a leitura. Isto está respondendo favoravelmente no que diz respeito à informação”, afirma a proprietária.


Linha investigativa


Com uma linha investigativa e que acaba irritando políticos e empresários envolvidos em denúncias de corrupção, o JB Litoral já passou por situações perigosas ao longo destes 10 anos de existência. Uma delas foi o atentado a tiro ocorrido na sede do jornal, em março de 2018 e que, até hoje, se encontra em investigação, mas sem nenhum avanço ou definição.

Outra reportagem publicada nesta edição mostra que, das 13 principais denúncias realizadas pelo jornal, em 2019, apenas seis estão em investigação, enquanto uma foi arquivada. As outras seis sequer tiveram abertura de procedimento investigatório pelos órgãos competentes, apesar de todas terem sido amplamente divulgadas.

No entanto, é por meio das denúncias trazidas somente por este veículo de comunicação que a população pode ter acesso à realidade da política regional, que apresenta inúmeras suspeitas de corrupção e atos de improbidade administrativa. “Investir em comunicação de qualidade é beneficiar toda a população, pois pessoas bem informadas tendem a não se contentar com qualquer coisa”, diz Jéssica. Porém, não é só de denúncias que o jornalismo é feito, mas também de boas notícias, que trazem alegria, esperança e fé ao coração do povo do litoral. E, essas, também são produzidas, divulgadas e repercutidas pelo jornal, trazendo notoriedade a grandes personalidades locais, promovendo projetos sociais e culturais, auxiliando na conscientização ambiental, entre outras.


JB Litoral na contramão das estatísticas


Apesar de grandes veículos de comunicação impressos estarem fechando as portas, como aconteceu com a Gazeta do Povo, em 2017, o JB Litoral segue na contramão, confiando plenamente na importância deste tipo de jornal. “O futuro do impresso não será mais a periodicidade diária, mas, sim, semanal, e já nos enquadramos nisto”, diz Jéssica.

De acordo com a última Pesquisa Brasileira de Mídia, realizada em 2016, pelo Governo Federal, segunda-feira é o dia da semana de maior leitura de jornal. Segundo a pesquisa, 48% da população afirma que lê jornal neste dia, e, em Paranaguá, é quando o JB Litoral circula sozinho.

Além disto, o impresso é o meio de maior confiança de informação na opinião dos brasileiros. A enquete mostra que 58% dos leitores confiam mais no que leem em jornais, seguido da televisão, com 54%, e das rádios, 52%. “A pesquisa mostra que apenas 7% dos brasileiros leem jornais todos os dias, sendo que a maioria prefere ler uma ou duas vezes na semana. Isto fortalece o motivo de o JB Litoral ser semanal e circular no dia de maior leitura”, explica Jéssica.


Conquista do Selo ODS do SESI


Este ano também foi quando o JB Litoral foi premiado com o Selo Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), pelo projeto JB Ambiental. Em agosto, a equipe foi contemplada com o prêmio, que foi entregue no Sesi, em Curitiba.

Oferecido pelo Sistema Fiep, por meio do Sesi no Paraná, a premiação tem o objetivo de estimular e reconhecer os melhores projetos de indústrias, empresas, poder público, organizações da sociedade civil e instituições de ensino para a promoção de dimensões sociais, ambientais, econômicas e institucionais que contribuam para o alcance dos objetivos e metas da Agenda 30 para o Desenvolvimento Sustentável no Brasil.

O objetivo do JB Ambiental é auxiliar no desenvolvimento do Litoral do Paraná e melhorar a qualidade de vida das pessoas da região. Por meio do projeto, semanalmente, o JB Litoral tem levado informações acerca de formas de desenvolvimento sustentável para as sete cidades litorâneas. Isto inclui notícias sobre o meio ambiente, socioeconomia, saúde, bem-estar, educação de qualidade e inclusão social, promovendo ações voltadas para a responsabilidade social e sustentabilidade. “Como imprensa ativa e que exerce o papel de levar informação de qualidade e relevância à população, o jornal investe em responsabilidade social e sustentabilidade, e tem neste discurso um compromisso público com a sociedade, de contribuir para o desenvolvimento do nosso litoral e melhorar a qualidade de vida da nossa população”, diz a empresária.

Para ela, o Selo ODS é uma grande conquista para toda a sociedade parnanguara. “Somos um veículo de comunicação essencialmente parnanguara e atuamos igualmente nas sete cidades, representando o município de Paranaguá em todos os eventos que participamos e, também, todas as nossas conquistas são compartilhadas com nossa querida mãe do Paraná. Receber este selo, apenas três meses depois de iniciado o projeto, demonstra a competência e seriedade da nossa equipe, que tem trabalhado para manter a população bem informada, mas, também, para auxiliar no desenvolvimento da nossa região”, declara.
 

Troféu Imprensa 2019


Assim como o jornal, o Troféu Imprensa, premiação feita pela empresária, também já conquistou a credibilidade não só da população, como da própria imprensa local e regional. A 13ª edição da cerimônia de entrega dos troféus aos vencedores, que foram escolhidos neste mês, em votação realizada pelos profissionais de imprensa dos mais variados veículos, acontece em março de 2020.

A premiação é considerada a maior e mais importante do litoral. Durante todos esses anos, o evento registra historicamente o reconhecimento público daqueles que mais vêm se destacando ao longo dos últimos meses nas áreas empresariais, pública, sindical e política, além do trabalho de profissionais liberais.

Seguindo a tradição de trazer novidade a cada evento, Jéssica Fernandes, optou, este ano, por levar a escolha do Melhor Prefeito do Litoral e Melhor Vereador de Paranaguá para as redes sociais, dando a oportunidade aos moradores das sete cidades da região de avaliarem seus gestores.


Comentários