Litoral

Polícia Civil fiscaliza maus-tratos a animais em Guaratuba

Ultima Atualização: 08.01.2020 às 17:23:43

Em Guaratuba, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) fez, na terça-feira, 7, uma ação de prevenção a maus-tratos a animais. Policiais civis, médicos veterinários e técnicos da vigilância sanitária fiscalizaram duas residências, no bairro Mirim, para verificar a condição de guarda, saúde e higiene dos animais abrigados nos locais.

De acordo com as informações divulgadas pela Agência Estadual de Notícias, somente em uma das residências foram encontrados 103 cães, de raças como poodle e pinscher, e também de raça indefinida. Na outra, os policiais verificaram 11 gatos sem raça definida.

Na averiguação, os policiais constataram que os tutores tentam assegurar a integridade dos animais, porém, a quantidade de animais abrigados nos locais é incompatível com a capacidade, o que não permite garantir o bem-estar e cuidados adequado.

Um termo de ajuste de conduta foi emitido para que os tutores, em prazo estipulado, possam se adequar à lei. Caso não cumpram o acordo responderão por maus-tratos e os animais serão resgatados.

O delegado Leandro Stabile ressaltou a importância de ações de prevenção deste tipo. “Também é função da PCPR verificar situações como esta. Além disso, orientamos os responsáveis pelos animais para que não acabem cometendo o crime de maus-tratos. Também realizamos parcerias com outros órgãos a fim de idealizar medidas para sanar eventuais problemas”.

A fiscalização contou com o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Centro de Referência em Assistência Social e voluntários da Ong SOS Vira Lata de Guaratuba.

Conforme foi informado, o trabalho da Polícia Civil para assegurar o bem-estar dos animais continuará durante toda a Operação Verão Maior.

Comentários